Consertando a Lâmpada LED

Peguei uma canaleta aqui da Salona para consertar. Ela tinha parado de funcionar. Verifiquei que o alguns dos LEDs estavam queimados. E que sempre queimava de 3 em 3.

Isso acontecia porque a corrente distribuía por 2 LEDs quando um deles queimava. E que isso acontecia arregaçando estes 2 LEDs, queimando assim o grupo inteiro. Eu abri a fonte e vi que ela estava OK. Fiz umas ligações de fio pulando os grupos queimados. A primeira vez que fiz isso e liguei, mais LEDs queimaram. Isso deve ter acontecido porque a tensão distribuiu pelos LEDs dando mais tensão do que eles aguentavam. Aí meti uns resistores de potência antes de levar o sinal da fonte ao circuito. Agora acontece que tudo fica piscando. Mais ou menos em um ritmo de uns 2Hz… Tá ridículo.

A fonte teve que ser controlada com uns resistores porque a tensão inteira estava queimando LEDs.
Distribuídos em conjuntos de 3, os LEDs queimavam sempre em grupinhos. Que bonita demonstração de fraternidade.

Fechei tudo e fiquei de saco cheio. Mas provavelmente mais tarde vou arrancar uns LEDs de um plafon que achei jogado fora e vou tentar substituir nesta fita para ver se funciona bem.

Alterei o tema

Pronto, agora usando um tema oficial do WordPress. Descobri que o Openness só oferecia suporte a formato de publicação para a versão Pró. Até parece… Voltando a usar o Twenty-sixteen, agora com um hack para arrancar as bordas. Vamos ver…

O hack foi encontrado aqui, mas não funcionou 100%… Vou arrancar na unha mesmo – no arquivo styles.css.


Não precisei arrancar na unha. Coloquei no styles a solução apresentada aqui. Funcionou.

Vou mudar de tema…

Já tive uma decepção aqui quando vi que não poderia colocar estilos de publicação. No blog da Pipa tem uns 8 formatos (nota, imagem, som, etc.). Nem sei se lá existe alguma alteração no layout conforme se usam estes formatos, mas era uma característica que eu queria explorar. Vou ver se consigo colocar aqui neste blog estes estilos… ou vou pensar em mudar de tema.

O tema inicialmente usado era um baseado no twenty-fifteen chamado Openness. Era um pouco mais bonito – e pelo menos não tinha aquelas beiradas horríveis que o twenty-sixteen tem, mas, poxa… quero mexer com estes post formats. Mas não quero colocar a porra do twenty-seventeen.

Alô alô, gente!

Este blog é para eu desenvolver minha escrita. Será bem pessoal mas gostaria que ele tivesse público. Assim, não incorrerei no erro de antes de escrever aqui coisas que atingiriam meus próximos e a mim mesmo. Não é uma terapia, é mais um exercício de explanação. Porque estou cada vez mais entusiasmado em pensar na comunicação como arte. Nas subversões, nas modificações de emissão e recepção, nas figuras de linguagem.

Mais para a frente pretendo ver como juntar a Pipa Musical e meu site pessoal aqui fazendo suas partes serem categorias deste blog. Por enquanto, ele que é uma parte do meu site de produções artísticas.

Obrigado. É hora do show!